segunda-feira, 22 de maio de 2017

26 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Glaucoma – Roda de Conversa na UBS Braz de Souza Barra

No dia 26 de Maio, o Ministério da Saúde celebra o dia nacional de combate ao glaucoma, uma doença nos olhos que pode levar à cegueira. Causada pela lesão do nervo óptico e relacionada à alta pressão do olho, o glaucoma pode causar sérias alterações no campo visual. O tratamento para o glaucoma é oferecido pelo Sistema Único de Saúde SUS. Para mais informações procure a UBS Braz de Souza Barra.
            Para tanto, hoje, dia 22 de maio a equipe da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde iniciou o trabalho educativo com uma roda de conversa e distribuição de folder informativo na sala de espera da Unidade Básica de Saúde Braz de Souza Barra.

 




Como saber se é Glaucoma?

Os sintomas variam de acordo com o tipo de manifestação da doença.

Glaucoma de ângulo aberto
No caso crônico de Glaucoma, muitas pessoas não apresentam sintomas, percebendo a doença apenas quando ela começa a causar a perda da visão. A diminuição da visão pode acontecer de forma gradual, afetando inicialmente a visão periférica lateral (visão tubular).

Glaucoma de ângulo fechado
No caso da versão aguda da doença, os sintomas podem ser inicialmente intermitentes ou imediatamente graves, envolvendo:
·         Dor forte e repentina no olho;
·         Diminuição ou embaçamento na visão;
·         Aparência de inchaço nos olhos;
·         Vermelhidão;
·         Náusea e vômito.

Glaucoma congênito
Já aparentes nos primeiros meses de vida, os sintomas costumam ser:
·         Sensibilidade à luz
·         Nebulosidade na parte frontal do olho
·         Vermelhidão
·         Lacrimação

·         Aumento de um olho ou de ambos os olhos

Deixe a gripe pra lá!

 Pessoas com mais de 60 anos, o exemplo começa com vocês: de 17 de abril a 26 de maio, vacinem-se.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

18 de Maio: Dia Nacional de Combate a Exploração Sexual de Crianças – Palestra para Grupo de Idosos e Mulheres da SEMTHAS

Com o objetivo de informar e mobilizar a população no combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, aconteceu nesta quarta-feira (17/05) palestra “Como Identificar a vítima de abuso e exploração sexual e seus traumas”, realizada pela assistente social do Núcleo de       Apoio a Saúde da Família – NASF, Theresa Adélia para os usuários do Grupo de Idosos e Mulheres da Secretaria Municipal de do Trabalho, Habitação, Meio Ambiente e Assistência Social – SEMTHAS.

O evento faz parte das atividades programadas pelo SEMTHAS durante toda a semana, tendo como proposta principal destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, pois sabemos que é preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. 




quarta-feira, 17 de maio de 2017

Reunião Ampliada do Hospital Maternidade Silvestre Gomes Pinto de Viçosa

Na manhã de ontem, 16 de maio, por volta das 10:00 horas da manhã, foi realizada a 1ª reunião ampliada da diretoria do Hospital Maternidade Silvestre Gomes Pinto - HMSGP com todos os seus colaboradores.
A reunião iniciou com os agradecimentos da Gestora Goreti Gomes Alves aos colaboradores pela parceria firmada entre ambos desde a sua chegada na instituição.
Em seguida, foi feita a apresentação da Enfermeira Leda Amorim Fernandes, que está chegando para a otimização dos serviços já prestados no hospital, assim como para implementar ações que tem como foco o serviço de excelência da instituição à todos aqueles que dela precisar.
Aproveitando a oportunidade a Diretora ressaltou a importância de reuniões periódicas, nas quais é dado o direito de voz ao servidor, para o debate interativo tendo como meta a busca de melhorias não só para usuários, mas também para os profissionais que ali atuam.
Dando continuidade as trabalhos, foram abordados assuntos diversos com base no diálogo, troca de opiniões, explanações e esclarecimentos de assuntos pertinentes ao dia a dia da instituição.
E finalizando os trabalhos, foi solicitado à todos que continuem fortes e unidos na luta desafiadora e ao mesmo tempo apaixonante que é cuidar e lidar com a vida humana.



Fonte: Assessoria de Comunicação Social

18 de Maio: Dia Nacional de Combate a Exploração Sexual de Crianças – Grupo Vida

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado, e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. 

Nesse sentido, durante toda a semana a Prefeitura Municipal de Viçosa, através das suas diversas secretarias, irá realizar trabalho educativo e preventivo de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. E a Secretaria Municipal de Saúde não poderia ficar de fora, iniciando sua ações ontem, dia 16 de maio no Grupo Vida, onde a fonoaudióloga Annielly Deyse realizou orientação e entrega de material informativo para os usuários.





Diferença entre Abuso e Exploração Sexual
abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor.  Já a exploração sexual é quando se paga para obter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos.

As duas situações são crimes de violência sexual.

Conselho Municipal de Saúde de Viçosa participando dá 1°Conferência de Saúde das Mulheres

A cidade de Viçosa, através dos conselheiros municipais de saúde Solange Elizeu, Ednaci Freitas e Neurivaldo Batista participou ontem, dia 16 de maio, da 1ª Conferência Regional de Saúde das Mulheres da 6ª Região de Saúde; que teve como tema central “Saúde das Mulheres: Desafios para a Integralidade com Equidade”, e foi dividido por um eixo principal ““Implantação e Implementação da Política Estadual de Atenção Integral à Saúde das Mulheres” e pelos seguintes eixos temáticos:
I - O papel do Estado no desenvolvimento socioeconômico e ambiental e seus reflexos na vida e na saúde das mulheres;
II - O mundo do trabalho e suas consequências na vida e na saúde das mulheres.
III - Vulnerabilidades e equidade na vida e na saúde das mulheres e
IV - Políticas públicas para as mulheres e a participação social.
           




A Conferência desenvolveu-se através da Palestra Magna com ênfase no Tema Central e eixo principal, que subsidiou os debates na plenária, bem como, os trabalhos em grupo, que culminou com a eleição paritária dos 28 delegados que irão representar a região na etapa estadual.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar – Capacitação com os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde

As Infecções Hospitalares constituem um grave problema de saúde pública, tanto pela sua abrangência como pelos elevados custos sociais e econômicos. Por isso é fundamental que as atividades de prevenção e controle das infecções Hospitalares, permaneçam na linha de frente e na base das instituições hospitalares. 
Nessa perspectiva, hoje, dia 16 de maio, a Secretaria Municipal de Saúde de Viçosa promoveu sensibilização para os profissionais de saúde ministrada pelo enfermeiro Hugo Gurgel. A ação é alusiva ao Dia Nacional de Combate à Infecção Hospitalar, 15 de maio. Para comemorar a data, foi realizado Programa de Rádio, roda de conversa, capacitação para profissionais e distribuição de folders instrutivos direcionados aos acompanhantes/visitantes.
As instituições que prestam cuidados de saúde, como os hospitais, são as mais comuns e importantes fontes de geração e transmissão de bactérias multirresistentes, que são germes com resistência à maioria dos antibióticos. Diversos fatores contribuem para isso, entre eles está a vulnerabilidade dos pacientes, as falhas na adesão às medidas de prevenção, a transmissão cruzada e a pressão seletiva exercida pelos antibióticos.
As mãos são a principal via de transmissão de microorganismos durante a assistência à saúde. Já que as mãos são o instrumento mais utilizado no cuidado aos pacientes, a sua higienização tornou-se a medida mais simples e menos dispendiosa para prevenir a propagação dos germes multirresistentes e das infecções hospitalares. A forma preferencial de higienizar as mãos é com água e sabão ou com uso de álcool gel.